Portugal: Banco e Associação Mutualista Montepio

0

Dentro da Associação Mutualista Montepio Geral, a renúncia de Tomás Correia à presidência do Grupo Montepio é dada nos seus círculos próximos como iminente, garante o “Público” esta sexta-feira

Tomás Correia pode estar de saída da presidência da Associação Mutualista Montepio Geral (AMMG) nos próximos dias, avança o “Público” esta sexta-feira. Fontes ouvidas pelo matutino revelam que a liderança do polémico banqueiro pode acabar já na reunião do Conselho Geral e de Supervisão da instituição, na próxima terça-feira.

Dentro da AMMG, já se discute o nome do possível sucessor de Tomás Correia: Virgílio Lima, quadro do Montepio, que integra o conselho de administração chefiado por Tomás Correia, é um dos nomes apontados. Outro nome referido é o de Luís Almeida, também ele quadro da instituição e da equipa de gestão, onde está ainda Idália Serrão, ex-deputada do PS.

Segundo o jornal, o futuro de Tomás Correia está nas mãos de Vítor Melícias, presidente da Mesa da Assembleia-Geral da mutualista e uma personalidade próxima do Presidente da República. Nos bastidores, a renúncia de Tomás Correia à presidência do Grupo Montepio é dada nos seus círculos próximos como iminente.

Caso se venha a confirmar a saída de Tomás Correia, que lidera a instituição desde 2004, ocorrerá três meses depois de ter sido eleito para um novo mandato de três anos, com 41% dos votos.

Fonte: Jornal “Expresso”

DEIXE UMA RESPOSTA


Please enter your comment!
Please enter your name here