Luanda na nova rota da companhia cabo-verdiana TACV

0

Luanda na nova rota da companhia cabo-verdiana TACV

As novas rotas surgem depois da venda de 51% das acções da empresa à Lofleidir Cabo Verde.

O director executivo da Transportes Aéreos de Cabo Verde Airlines (TACV), Mário Chaves, revelou que durante este ano serão abertas novas rotas: mais um destino nos Estados Unidos, mais dois na Europa, com um regresso a Itália, e mais dois em África — Lagos e Luanda.

O responsável da companhia a margem da formalização, ontem, na cidade da Praia, do acordo de privatização da Transportes Aéreos de Cabo Verde Airlines, através da venda de 51% das acções à Lofleidir Cabo Verde, empresa detida em 70% pela Loftleidir Icelandic EHF e em 30% por empresários islandeses.

O primeiro-ministro referiu também que, no quadro desta privatização, 10% do capital social da TACV será alienado este ano aos trabalhadores e aos emigrantes. “As acções serão vendidas com um desconto de 15% porque queremos ver trabalhadores accionistas e motivados para a rentabilidade da empresa”, disse.

No final da cerimónia, Ulisses Correia e Silva não quis falar à comunicação social, nomeadamente sobre o montante que o Estado cabo-verdiano vai receber com esta privatização.

Também o vice-presidente da Loftleider Icelandic, pertencente ao grupo Icelandair, Erlendur Svavarsson, um dos subscritores do acordo, se remeteu ao silêncio quando questionado sobre o valor pago a Cabo Verde pelos 51% dos TACV.

A Islândia, com 300 mil habitantes, transporta anualmente 4,1 milhões de passageiros e é esta experiência que a Loftleider Icelandic que aplicar em Cabo Verde.

Publicação da autoria de Fonte Externa:
Mercado
03/03/2019

DEIXE UMA RESPOSTA


Please enter your comment!
Please enter your name here