Internacional: África do Sul recebe mais 900 MW de energia eléctrica de Moçambique

0

A empresa estatal de energia eléctrica da África do Sul, Eskom, vai receber mais 900 megawatts de energia de Moçambique quando as linhas de transmissão danificadas pelo Ciclone Idai forem restauradas, disse o Presidente Cyril Ramaphosa na sexta-feira.

A Eskom fornece mais de 90 por cento da energia na África do Sul mas tem sofrido com repetidas falhas nas suas centrais eléctricas movidas a carvão, incluindo as duas mais recentes, que enfrentam um desempenho abaixo do esperado.
A situação piorou no sábado, 16, depois da Eskom ter ficado sem as importações de electricidade do sistema hidroeléctrico de Cahora Bassa, em Moçambique, que contribui com mais de 1.000 MW para a rede sul-africana.

“O ministro das Empresas Públicas informou que Moçambique conseguiu recuperar e restaurar a linha de energia de Cahora Bassa. Portanto, teremos mais 900 megawatts disponíveis nos próximos dias”, disse Ramaphosa em comunicado.

O Ciclone Idai fustigou a cidade da Beira, em Moçambique, uma cidade portuária de 500 mil habitantes, com fortes ventos e chuvas torrenciais na semana passada, antes de se mudar para o interior do Zimbabwe, onde destruiu casas e inundou comunidades inundadas, tal como no Malawi.

A escassez de energia na África do Sul fez com que a Eskom implementasse, a partir de sexta-feira, oito dias consecutivos de cortes de electricidade em todo o país para impedir que a rede nacional entrasse em colapso.

Os graves cortes de energia deverão reduzir em 0,3 pontos percentuais o crescimento do PIB no primeiro trimestre da África do Sul, disseram os analistas do Goldman Sachs.

Fonte: Jornal de Angola

DEIXE UMA RESPOSTA


Please enter your comment!
Please enter your name here