Angola: Café apodrece na Cerca por falta de compradores

0

Cerca de 20 toneladas de café mabuba, armazenadas em residências e terreiros, na comuna da Cerca, município de Golungo Alto, província do Cuanza-Norte, estão a estragar-se pelo facto dos compradores encontrarem dificuldades em escalar a localidade, devido ao mau estado das vias de acesso, noticiou a Angop.

O cafeicultor Ernesto Macongo, 84 anos de idade, que tem armazenadas 11 toneladas de café, disse que a situação arrasta-se há mais de dois anos. Para se inverter o quadro, pede a intervenção urgente das autoridades na reparação das estradas que dão acesso à comuna. Devido à situação, disse, a maioria dos cafeicultores está desmotivada, tendo reduzido os níveis de produção.

Manuel Diogo Nzambi, outro cafeicultor da região, referiu que, para cobrir as despesas com o pessoal da fazenda, socorre-se do aluguer de uma motorizada, pagando três mil kwanzas, da Cerca à Bera Alta, num percurso de 31 quilómetros, para vender alguns produtos, como abacate, banana, limão e tangerina.

Em declarações à imprensa, a administradora comunal, Donana da Silva Filho, confirmou que a via que liga as comunas de Cambondo e Cerca, passando pelo açude, num percurso de 16 quilómetros, encontra-se degradada e intransitável, há mais de 10 anos, clamando por obras de restauro.

Segundo Donana da Silva, a situação agravou-se ainda mais pelo facto da outra via no ramal que liga a estrada nacional número 230, a partir da aldeia da Beira Alta, num percurso de 31 quilómetros, que serviria de alternativa, também encontrar-se degradada. O governador da província do Cuanza-Norte, Adriano Mendes de Carvalho, prometeu resolver o problema das estradas locais e persuadir os bancos comerciais no sentido de financiarem o negócio.

A comuna da Cerca dista a 30 quilómetros do município de Golungo Alto, possui uma extensão territorial de 432 quilómetros quadrados e uma população estimada em 4.800 habitantes.

Fonte: Jornal de Angola

DEIXE UMA RESPOSTA


Please enter your comment!
Please enter your name here